Negócios

Blog “Faz bem para Você”

fazbem

O novo espaço da Depyl Action na Internet.

A Depyl Action é uma empresa com forte presença digital. Além do site, também está ativa nas redes sociais, compartilhando, via Twitter e Facebook, informações que visam sempre elevar o bem-estar do nosso público. Dentro deste objetivo, lançamos essa semana um novo espaço: o Blog “Faz bem para você“.

Com a novidade nasce a pergunta: Por que criar um blog corporativo? Vale a pena?

— Sim, claro que vale!

Cada veículo se comunica de modo particular com o público. Jornais, revistas, rádio e TV, cada um tem sua linguagem. Na Internet acontece exatamente a mesma coisa. Nas redes sociais, o conteúdo produzido visa aproximar nossa marca dos internautas e conquistar a simpatia deles. É uma estratégia de marketing que, se bem planejada e executada, gera excelente retorno.

Com o blog temos nas mãos a oportunidade de aprofundar os assuntos com nosso perfil entre os leitores. Ele representa a nossa casa virtual. Por ser um espaço mais interativo do que o site institucional, permite gerar conteúdo sobre diversos temas, mas com um grande diferencial que é inserir o DNA da Depyl Action.

Além de estreitar o relacionamento com o público, um blog corporativo traz inúmeras vantagens: atualização frequente e uso de palavras-chave coloca o site nos primeiros lugares nos mecanismos de busca; permite orientar os clientes e explicar mais detalhadamente os serviços e produtos oferecidos.

Dentre tantas vantagens, uma das mais importantes é que ter um blog corporativo faz você pensar no negócio o tempo todo, buscando aperfeiçoamento e soluções.

Sendo o blog a nossa casa, as redes sociais são o convite, são nosso cartão de visitas. Quanto mais pessoas o visitarem, maior a visibilidade da Depyl Action. Ampliando nossos horizontes virtuais, em médio prazo, buscamos resultados reais cada vez melhores em nossas lojas.

Acesse, compartilhe, assine o feed. É a marca Depyl Action fazendo bem aonde quer que esteja.

Para uma vida longa e próspera

 timtim

O brinde inaugural de uma empresa é um ritual ao futuro. Celebra o sucesso e a longevidade do negócio que acaba de nascer. Mas para boa parte das empresas, a fonte seca antes de saciar esse desejo. Segundo dados do Sebrae, a taxa de mortalidade de empresas nos primeiros três anos é de 46,6% no Brasil.

Sabemos que um negócio de sucesso não acontece da noite para o dia. Além de uma boa ideia, o empreendedor precisa estar preparado para sobreviver à fragilidade dos primeiros anos e garantir seu lugar no mercado pelo maior tempo possível.

Quando o assunto é franquia, os empreendedores saem na frente e o índice de mortalidade cai para 5% nos três primeiros anos de vida, pois, podem contar com o conhecimento e experiência de uma marca já consolidada. A parceria é boa pra ambos e, por isso, o setor cresce a passos largos.

Mas, para que tudo dê certo, é importante alinhar as expectativas. O franqueado passa a ser o embaixador da marca e, para isso, ele precisa dentre muitas coisas, ser fiel aos valores do negócio, estar presente e separar as finanças pessoais das finanças da empresa respeitando a capacidade financeira do negócio.

Por que falhamos?

Por que falhamos?

O ser humano busca a vitória. Se buscamos isso, por que falhamos?

Falhamos porque não definimos as metas certas ou, não definimos nossos problemas da forma correta. Para ampliar o poder de decisão, precisamos ter uma visão ampla da situação e, para isso, é preciso sair de dentro da operação e olhar o “todo” em busca do objetivo.  Na busca do objetivo podem ser estabelecidas várias metas. Quanto mais distante for o objetivo, mais importante será estabelecer metas intermediárias.

Somos criadores de sistemas, adoramos estar na loja, no marketing, na operação e na gestão. O problema é que com isso, normalmente, fazemos como Zeca Pagodinho: Deixamos a vida nos levar.

Existem três fatores fundamentais para a obtenção de resultados: Liderança, Conhecimento do processo e Método.

Na Depyl Action, primeiro desenvolvemos o conhecimento através do método e depois, a liderança. Este último, é o mais importante para alcançar a vitória. Liderar é bater metas consistentes, com o time. Quem não bate metas não é líder. Se ser um bom líder é conseguir resultados por meio de pessoas, então a pessoa do líder deve investir uma parte substancial do seu tempo no desenvolvimento do seu time.

Então, reverta seus problemas em metas e compartilhe com o time. Uma meta bem colocada estimula a imaginação e criatividade de todos. Alcançar metas gera ainda um sentimento de pertencimento criando um clima de alegria pelo alcance de valores excepcionais. Sentimentos como esse é que ajudam a fazer a alegria da vida.

Todo mundo tá feliz

Este ano, a fundação Xuxa Meneghel promoveu com o patrocínio de grandes empresas, dentre elas, a Depyl Action, o Show de Natal da Xuxa. Em sua 4ª edição, esse grande espetáculo foi idealizado como uma forma de mobilização e sensibilização sobre o tema “Educação Positiva” visando influenciar no comportamento dos educadores.

Toda criança tem o direito de viver sem violência. Uma cultura de paz – que privilegia formas de educação não violentas – só é possível quando esses valores estão fortalecidos na sociedade. Ao propor um diálogo nas esferas culturais e sociais, o “Show de Natal Mágico” colabora para garantir o direito das crianças e adolescentes do nosso país a viverem protegidos e felizes. São convidadas ainda crianças e adolescentes de diversas instituições como as Comunidades Pacificadas (UPPs), Escolas Públicas, Movimento Fé e Amor, ProJovem Adolescente do CRAS Cecília Meirelles e CRAS Aluno Marcelo Cardoso Tomé, RIOinclui, Projeto de Ginástica de Trampolim do município de Piraí e do Projeto Vira Vida, iniciativa do SESI Nacional.
O evento contou com shows de Buchecha, da banda Restart, Luan Santana e Ivete Sangalo, que mesmo com o pé imobilizado, fez questão de participar do projeto,. Entre os presentes estavam a repórter global Glória Maria e suas filhas, Laura e Maria, o ator Cássio Reis e seu filho Noah e a apresentadora Ticiane Pinheiro que se emocionou com o fato de sua filha, Rafaella Justus, conhecer a “Rainha dos Baixinhos”.
“Sempre fui fã da Xuxa, queria ser paquita e ia ao show dela sempre. Hoje tive o prazer de ver a Rafa conhecendo Xuxa. Ela arregalou os olhos quando a viu. Estou muito feliz de ter sido convidada”, disse.
A fundação atende, em média, 1000 pessoas diariamente no Rio de Janeiro e realiza suas ações a partir dos eixos: Educação e Cidadania, Saúde, Nutrição e Agroecologia, Rede e Campanhas, Família e Comunidade, Arte e Cultura, Esporte e Lazer e Comunicação e Tecnologia, que incluem atividades de: educação pré-escolar, alfabetização, práticas corporais, oficina de cidadania, grupo de adolescentes para incidência política, jogos populares, grupos de leitura, oficina de histórias e de novos valores, informática, apoio a aprendizagem, oficina de movimento, artes visuais, coro, prática de conjunto, hip-hop, percussão, teatro, capoeira, jiu jítsu, educação alimentar e atendimento nutricional cuidados odontológicos, fonoaudiólogos, psicológicos e sociais.

Nós da Depyl Action entendemos que participar de um evento como esse, com foco na criança e no adolescente, é cuidar do futuro do nosso país. Quando crianças, sempre ouvíamos dizer que seriamos a esperança do nosso país e como ser essa esperança sem educação? A educação é a base para o crescimento pessoal e profissional de qualquer pessoa e o investimento em projetos deste porte são fundamentais para essa evolução,  por este motivo apoiamos tais iniciativas visando o crescimento de nosso país.

De líder para líder

“A vontade de fazer, tem que ser maior do que a vontade de chegar lá” – Bernardinho

Entre os dias 25 e 28 de outubro pude participar de mais uma incrível experiência proporcionada pela Associação Brasileira de Franchising, a 12ª edição da Convenção da ABF que ocorreu na Ilha de Comandatuba (BA).Neste encontro pude perceber a maturidade desta Associação, que já é a maior do mundo em números de associados. É impressionante como a entidade consegue reunir, ano após ano, as maiores redes do Brasil.

As convenções da ABF são sempre muito ricas: trocamos experiências, ampliamos nossa rede de relacionamentos, discutimos melhores práticas para o franchising e nos inspiramos para aplicarmos melhorias com os novos conhecimentos absorvidos.

Na 12ª edição do evento, participei de mesas redondas que abordaram assuntos relevantes ao nosso dia a dia, com especialistas que trouxeram para o evento experiências na gestão de negócios, empreendedorismo, sustentabilidade, dentre outros temas. Grandes nomes no âmbito econômico e empresarial, como Wiliam Waack e Roberto Justos, deixaram também informações de grande relevância, mas, sem dúvida alguma, o ponto alto do encontro foi a palestra-  a melhor que já vi na vida, diga-se de passagem- do técnico da seleção brasileira de vôlei masculino, Bernardo Rocha de Rezende, o Bernardinho, que falou sobre excelência, conquistas e liderança.

O grande técnico, e economista por formação, iniciou a plenária abordando sobre a importância da formação de um bom time de profissionais para o sucesso do negócio: ‘Precisamos de um time que jogue defendendo uma causa. Comprometimento e força de vontade são importantes em qualquer equipe, em qualquer setor de atuação’, afirmou.

Para ilustrar as preocupações cotidianas na gestão de uma operação e apresentar soluções, Bernadinho utilizou diversas situações vividas por ele, ao longo de sua carreira no esporte e evidenciou, também, sobre a necessidade contínua de se buscar eficiência, além de abordar sobre o papel do líder em um negócio.

 Segundo ele, para que o negócio prospere, cada um deve assumir a sua responsabilidade e, assim como nas quadras, os líderes precisam ter uma relação de parceria para liberar o potencial das pessoas de forma a maximizar as suas potencialidades e alcançar o sucesso.

“’Muita determinação associada ao talento é igual a ídolos ou marcas. Neste sentido está o papel do líder, que é extrair da sua equipe, sempre o melhor” – Bernardinho