Conheça as 8 maiores diferenças entre o líder e o chefe

seta passarosSerá que todo chefe é um bom líder? Quais as diferenças entre um líder e um chefe? Os dois termos representam duas formas muito diferentes e podem ou não atuar juntos. Enquanto o líder conserva um relacionamento saudável, inspirador e construtivo, tratando seus colegas como um time, o chefe é aquele que, muitas vezes, nos desperta um verdadeiro pavor, por enxergarmos, nele, uma figura constantemente autoritária e que trata sua equipe com severidade exagerada.

Essa distinção afeta diretamente a qualidade do trabalho e dos resultados de uma empresa. O bom chefe é aquele que consegue ser visto como líder, mantendo a equipe muito mais envolvida com a empresa colaborando  para  resultados positivos e o sucesso da organização. Logo, se um bom chefe deve desenvolver a liderança, como fazer isso sem perder o respeito fazendo com que a equipe continue cumprindo suas funções?

Administração e tomada de decisões

Na hora de administrar e tomar decisões, o chefe é aquele que gosta de concentrar tudo em suas próprias mãos. Opina e decide até mesmo nos assuntos nos quais não é especialista ou não tem um conhecimento satisfatório. Ele não admite erros quando a empresa não atinge bons resultados e sempre culpa os outros em vez de si próprio.

Por outro lado, o líder sabe delegar autoridade, valoriza as decisões de quem é mais familiarizado com o assunto do que ele e faz tudo isso sem abrir mão da responsabilidade, tomando-a também para si em caso de falhas.

Comunicação

O chefe acredita que só ele deve falar e que os outros devem apenas ouvir e acatar suas ideias. Faz questão de centralizar tudo ao seu entorno, não é persuasivo e só costuma valorizar bajuladores, não reconhecendo nem valorizando talentos e bons resultados alheios. Chato só de pensar, não é mesmo?

Enquanto isso, o líder está sempre disposto a ouvir os seus colaboradores e a tentar melhorar os resultados a partir de sugestões e até mesmo de críticas. Ele motiva, valoriza e gratifica os profissionais que se destacam e assume uma postura de coleguismo com todos, sempre com muito respeito, autoridade e simpatia.

Comportamento

O recorrente medo de lidar com chefes existe por eles não possuírem tato para lidar com os que o rodeiam. Acreditam que uma postura centralizadora, rígida e severa é sinal de competência. No entanto, acabam sendo vistos como arrogantes e autoritários.

Os líderes, por outro lado, sabem manter a autoridade sem apelar para o autoritarismo. Despertam confiança entre os seus pares e são vistos como inspirações e modelo de profissionalismo a serem seguidos.

Autoridade X autoritarismo

As pessoas obedecem ao chefe porque ele manda, porque são obrigadas. O chefe se impõe pelo autoritarismo, pela força do seu cargo. O líder é respeitado pela sua competência e simpatia e por saber motivar. O chefe simplesmente dá ordens e cobra resultados. Já o líder atua junto a seus pares, despertando o espírito de cooperação e integrando cada pequena capacidade, aptidão e individualidade para aprimorar os resultados.

Inovação

Pela minha experiência, os chefes são aqueles que foram promovidos por tempo de casa ou por favoritismo. Eles se limitam a administrar e a manter os resultados, raramente buscam inovações, estratégias criativas e crescimento exponencial. Valorizam e fazem questão da hierarquia por gostarem de se sentirem no topo.

O líder, por sua vez, está sempre em busca de soluções revolucionárias e inovadoras, são criativos, incentivam boas ideias e solicita opiniões. São referências para seus pares que veem nele um modelo a ser seguido. Enquanto o chefe administra, o líder inova.

Postura

O chefe, ao assumir uma postura isolada, geralmente pelo receio oculto de ser superado por algum subordinado, inibe talentos e, consequentemente bons resultados. Sua frequente insensibilidade, intransigência e falta de tato desmotiva as pessoas que ele comanda, criando um ambiente de trabalho hostil, regado a fofocas, ressentimentos e insatisfação.

Vocação

Existem, é claro, pessoas que têm a capacidade de liderança inerente a sua personalidade. Mas a liderança, é antes de tudo, algo a ser conquistado. É preciso esforço e dedicação para assumir esse papel e ser uma inspiração para um time de trabalho. O líder não impõe e não eleva sua voz. Ele propõe medidas para que haja deliberação, antes que as decisões sejam tomadas. Não ostenta currículo, não se gaba ou se sente superior pelo cargo que ocupa. Ele é agradável e impõe-se, assim, pelas suas virtudes e carisma, não pela força. O resultado de tudo isso é um ambiente de trabalho leve, produtivo, com muito engajamento e produtividade.

Inspiração

Em Invictus, um dos filmes mais emocionantes que já assisti, Morgan Freeman interpreta o lendário Nelson Mandela. A lição que o filme nos deixa é que o cuidado e o estímulo correto, saber aproveitar – e valorizar – o trabalho dos outros é o que faz de alguém um bom líder, que torna possível que os liderados sejam capazes de “tornarem-se melhores do que eles próprios acreditam serem capazes de ser”. Em uma das cenas mais marcantes, Freeman pergunta ao personagem de Matt Damon: “Me diga, François, qual é a sua filosofia de liderança?”. Este responde: “O exemplo, senhor. Sempre busquei liderar pelo exemplo”. E, é exatamente essa a chave da liderança, não importa se para gerir um pequeno negócio ou um país. O propósito do líder não é o de assumir a função do outro, mas sim de orientá-lo e estimulá-lo a realizar suas funções com autonomia e eficácia. O bom líder é justo na tomada de decisões e centrado na solução dos problemas impostos. Nunca em fazer apontamentos desnecessários e constrangedores a quem os causou.

Liderar requer muito mais que jogo de cintura e paciência. É preciso sensibilidade, altruísmo, resiliência e um olhar crítico muito atento. Além, é claro, de todos os pontos que citei e busquei explicar acima. Por isso, se você quer ser um profissional de liderança, busque sempre o desenvolvimento pessoal e profissional para que, como líder, você cative e coordene um time de muito sucesso.

E aí, gostou das minhas dicas? Entendeu as diferenças entre líder e chefe? Em caso de dúvidas, estou a sua disposição para buscar esclarecê-las. No meu blog, você pode, ainda, acompanhar muito mais sobre empreendedorismo e sobre o mundo dos negócios. Vem conferir!