O que que a Bahia tem?

O que que a Bahia tem?

Confesso que estou completamente contagiada pelo astral dessa terra. O mistério do contentamento se revela em sorrisos abertos, gestos espontâneos, num sotaque cheio de melodia e numa maneira muito peculiar de lidar com a vida.

Não é à toa que é de um baiano, mais precisamente de Caetano, a música Alegria, Alegria. “Caminhando contra o vento, sem lenço e sem documento…” É ou não é a mais exata expressão da descontração, da leveza do não compromisso, da liberdade de simplesmente sentir o vento e se entregar ao instante que está por vir.

“Os olhos cheios de cores, o peito cheio de amores…” tudo remete à plenitude, ao completo, cheio, satisfatório. Puro deleite que é bem a atmosfera que permeia a paisagem baiana.

Não queria deixar de compartilhar isso com vocês. Mesmo porque, somada à expectativa da nossa convenção, esse momento ganha uma dimensão muito especial.

E assim me despeço, “sem fome e sem telefone, no coração do Brasil”. Quero aprender com os baianos e me deixar invadir por esse clima.

Apostar na alegria: “eu vou, por que não, por que não, por que não….”