Ritual do bem


Meu ritual pela manhã nunca é igual, porque não gosto de rotina. Mas para despertar a feminilidade e dar mais vigor ao novo dia, algumas coisas são fundamentais. Um make básico, por exemplo. Não saio de casa sem ele. É óbvio que a maquiagem precisa ser prática, então, hoje resolvi cronometrar: gasto apenas 3 minutos para me maquiar. Como? É simples.

Com o rosto ainda úmido do banho, passo a base que já tem protetor solar. Gosto daquela da La Roche-Posay mousse unifiant, dá um efeito fosco e não fica pesada. Depois, uso o Duo Iluminador da Depyl Action com uma sombra da cor que acompanha a aura do dia (normalmente é a mesma da roupa), mas não necessariamente. Pronto, rímel e batom.

Simples, né? Experimente, faz bem para você!

E quando o tempo me falta?

Depois do movimento feminista na era “nosso corpo nos pertence” surgiu uma segunda demanda: “nosso tempo nos pertence”.

Começamos a perceber que podíamos ir muito além da interminável rotina doméstica e passamos a usar nossa habilidade natural de argumentar para conquistar um novo mundo. “Deixe-me entrar no mercado de trabalho que você nem irá perceber minha falta em casa”

Quebramos um paradigma milenar, mas a sociedade seguiu organizada como se nada tivesse acontecido e continuou a cobrar eficiência em casa e fora dela. E agora? Não foram vocês que quiseram? Não se quebra um paradigma impunemente, mas a conta cobrada das mulheres é indevida.

Digo que é indevida porque percebo que com o acumulo de funções, o tempo é nosso bem maior e não sabemos administrá-lo. Isso, frusta as pessoas acabando com a felicidade real, o momento presente. Na aflição de dar conta de tudo, atropelamos processos e geramos re-trabalho. O planejamento é a melhor ferramenta. O que faz a diferença é entender quais são as suas prioridades naquele momento e saber planejar.

E se mesmo assim faltar tempo? Avalie as prioridades e o tempo que você dedica a cada uma delas. Posso apostar que será como arrumar o guarda-roupa: Depois de organizá-lo, sempre cabe mais um vestidinho básico.

Se você arrumar o guarda-roupa e não couber mais nada, é porque está na hora de doar algumas peças. Nesse caso, fique só com aquilo que é mais importante.

Faz bem para Você

Em 2012, a Depyl Action estreou na mídia nacional com a campanha “Faz bem para você”. As peças publicitárias criadas traduzem a essência de ser da rede.

Além de anúncios nas revistas Claudia, Boa Forma e Caras, a campanha foi veiculada nos canais de TV por assinatura GNT, MultiShow e Viva.

Durante as gravações do comercial, que acompanhamos de perto, buscamos orientar o diretor e os produtores da melhor forma, mostrando mesmo a nossa alma.

Tudo foi registrado e transformado num material que nos surpreendeu muito. Um making of, literalmente, emocionante.

Confira a seguir o VT da campanha e o making of.

Depyl Action Making Of Campanha “Faz bem pra Você” from Depyl Action on Vimeo.

Padronizar sim, fidelizar sempre

Quando se fala em franquias, o esperado é a padronização. Mas, será que manter o mesmo padrão arquitetônico é suficiente para garantir a satisfação do cliente? “One Brand Experience” é a mesma percepção da marca em qualquer loja. Entendo que se as pessoas envolvidas no processo não tiverem os valores da marca, a mesma “essência”, de nada adianta. E como garantir um atendimento padrão com mais de 1000 colaboradores em todo Brasil com diferentes realidades culturais? Ufa, um desafio. Um desafio que só poderá ser vencido se os franqueados forem missionários das crenças da marca.

Acredito que é preciso uma abordagem mais ampla da área de recursos humanos. Na verdade, é preciso o que chamamos de  gerenciamento do capital humano. Gerenciamento que vai além da padronização dos processos do atendimento: ele garante o comprometimento dos indivíduos com a empresa, com a marca. E isso envolve 4 passos: uma seleção bem elaborada; treinamento específico; remuneração adequada e ferramentas de avaliação de performance, nosso programa de vantagens. Um colaborador comprometido com a empresa faz muito mais do que cumprir processos de atendimento ao cliente. Ele faz parte de algo maior: Segue a cultura da empresa, passa a ser a própria marca.

Isso explica porque o mote da nossa regional foi “O mapa do Sucesso começa no ponto de partida”.

História da Franqueada: Maria da Graça Rego Cavalcante

É sempre bom conhecer casos de sucesso, não é?  Isso não acontece por acaso. Pensando nisso, decidi criar uma categoria no blog chamada “História da Franqueada” para que possamos conhecer melhor qual a obra de cada um.

A franqueada que irá estrear essa categoria é a Maria da Graça Rego Cavalcante. A “Graça de São Luís, no Maranhão.

Qual era sua profissão antes de se tornar uma franqueada Depyl Action?
Eu sou formada em Ciências Contábeis e era funcionária pública na Secretária de Fazenda do Estado, onde atuei por 15 anos.

O que te levou a adquirir uma franquia?
Sou filha de comerciantes e sempre tive vontade de ter meu próprio negócio. Pesquisei muito e, por acaso, uma amiga, que é cliente da Depyl Action, me falou sobre a franquia. Então fui à Belém para conhecer. Quando entrei, já sabia que era aquilo o que eu queria e estava buscando.

Como a Depyl Action te mudou como mulher? E como profissional?
A Depyl Action me trouxe o equilíbrio que eu buscava, me amadureceu em todos os sentidos e me fez sentir realizada. Além disso, me trouxe serenidade e segurança, deixando de lado minha timidez. Profissionalmente, a Depyl Action foi um marco em minha carreira. Assumi o risco de trazer para São Luís algo que, naquela época, era completamente desconhecido. Muitos não acreditavam que eu ia largar a estabilidade de servidor público para apostar em algo inovador.

Você tem filhos? Se sim, quais os desafios de conciliar a gestão do seu negócio com o papel de mãe?
Sim. Negócios e família precisam de sua dedicação total e o maior desafio foi aprender a delegar as funções. Sempre fui muito centralizadora, mas meu marido me ajudou muito e acho que consegui me sair bem (risos).

Já viveu alguma história marcante nestes 13 anos de Depyl Action?
Inúmeras. A Depyl Action é parte da minha família. Mas a que mais me marcou acabou de acontecer: no meu aniversário, no dia 18 de maio, Danyelle e D. Glaci fizeram uma enorme surpresa para mim. E, no jantar de comemoração ao meu aniversário, D. Glaci veio pessoalmente me dar os parabéns em nome de todos. Fiquei extremamente feliz e sem palavras para descrever o filme que passou na minha cabeça, pois são 13 anos de muitas histórias, aprendizados e admiração.

Qual o maior aprendizado você destacaria que obteve com tantos anos de gestão de uma franquia Depyl Action?
Sem dúvidas, em primeiro lugar, realmente gostar do que faz, acreditar em seu potencial e não ter medo de errar.

Então, gostaram da história da Graça? É sempre inspirador conhecer trajetórias bem-sucedidas, não é mesmo?

E eu gostaria de inspirar todas vocês, espero entrevistar você em breve!