Vaidade Masculina

depylmen

Estamos vivendo uma época em que o bem-estar é fundamental. Sentir-se bem consigo mesmo é o ponto de partida para a conquista da felicidade. A autoestima do ponto de vista estético, deixou de ser uma necessidade exclusiva das mulheres. Eles, os homens, também estão descobrindo que se cuidar faz muito bem.

Uma pesquisa qualitativa, realizada em 2011 pela Shooper Experiencie, entrevistou homens de 20 a 60 anos buscando descobrir seus hábitos de consumo. O interessante dos resultados foram os níveis de interesse a cada idade.

Resumidamente: aos 20 anos eles se interessam por estética e, principalmente por aparelhos tecnológicos.

Os de 30 anos estão entre os mais vaidosos, consomem cremes e tratamentos de beleza, incluindo aí a depilação.

Aos 40, os homens entrevistados demonstraram apreço por marcas de luxo e se afirmaram suscetíveis às opiniões de suas parceiras.

Ao chegar aos 50, encontramos consumidores seletivos e exigentes com bom atendimento.

Já os de 60 anos, consomem menos e focam-se somente na compra do necessário.

O público masculino da Depyl Action pertence, predominantemente, à faixa etária dos 30 anos. Nos últimos anos, vimos a procura pelos serviços de depilação masculina dobrar em nossas lojas.

De atletas a modelos, de estudantes a profissionais de diversos setores. Eles estão cada vez mais presentes em nossas lojas. Chegam por conta própria ou por incentivo de suas parceiras, à procura de bem-estar, higiene, beleza e excelência no atendimento.

Sejam muito bem-vindos.

Delegar é preciso

delegar

Depois de um dia intenso de trabalho, chegar em casa, brincar e jantar com os meninos, são coisas que não podemos delegar. Mas para isso ser possível, delegar outras funções é fundamental.

Delegar deveria ser uma tarefa simples e é, o difícil é desapegar. Desapegar daquilo que achamos que só nós sabemos fazer tão bem. Afinal, incumbir responsabilidades a outras pessoas é uma grande responsabilidade.

Delegar é confiar. E além de ser necessário, pode ser simples. Nos esportes temos um bom exemplo disso: O técnico é o líder, o gestor do time. Suas decisões levarão, ou não à vitória. Como ele trabalha para isso?

Define as posições, estabelece papéis. Treina e extrai o que há de melhor em cada jogador desenvolvendo as qualidades que cada membro possui.

É ele o primeiro a chamar a atenção do time para manter o foco no objetivo. Motiva, incentiva, faz suar a camisa. Acredita e luta pela vitória até o minuto final.

A analogia do esporte se encaixa perfeitamente na nossa rotina. Ah, então chegamos à conclusão que delegar também é trabalhar junto rumo a um objetivo. Sim! Uma andorinha não faz verão. Quando compartilhamos estrategicamente as funções caminhamos rumo à safra da excelência.

Gerar e gerir

Gerar e Gerir

A proximidade do Dia das Mães me levou à refletir sobre essas duas palavras: o gerar e o gerir. A maternidade é, obviamente, uma faculdade exclusivamente feminina, mas os homens também são dotados de força criativa. Essa força é fundamental na gestão de uma empresa.

O post dessa semana fala sobre isso. Sobre como todos podemos e devemos exercitar a criatividade, gerando atrativos que agreguem valor ao nosso dia a dia. Ao gerar estamos também gerindo.

Entendo que gerar é preparar-se para algo que vai nascer, uma nova fase de vida, um novo produto ou serviço ou, até mesmo, um ser.

Gerir é administrar aquilo que foi gerado. Gerar é abraçar cada nova ideia como se fosse um filho. Gerir é acompanhar o crescimento deste pequeno ser.

Gerar é pura emoção. Gerir é razão pura.

Durante a gestação nasce dois seres: O ser mãe e o ser filho. A mulher já existia, mas a mãe, nunca. Uma mãe é algo absolutamente novo.

O desafio que vem depois é gerir a nova mulher-mãe e o novo ser. Por isso, gerar um ser é mais complexo que gerar outras coisas. São dois seres nascendo.

Quero parabenizar todas as mães que geram a vida, todos os pais que geram mudanças constantes, todos os filhos que geram novas experiências..

Você conhece o TED?

ted

Feriado do Dia do Trabalho no meio da semana convida a uma pausa na rotina. Mas nem nessa data a mente para de trabalhar. Mesmo fora do ambiente profissional existem maneiras de estar exercitando a criatividade, a liderança e, é claro, aperfeiçoando-se.

Entre um compromisso e outro. Um almoço com as crianças e um lanche com amigos, é na Internet que o tempo pode ser aproveitado de maneira útil e sempre à mão. Há muita coisa boa na rede. Basta ter paciência e curiosidade para pesquisar.

Foi assim, fuçando que conheci um site chamado TED (Technology, Entertainment, Design). Trata-se de um projeto mundial que compartilha palestras interessantíssimas que abordam diversos temas atuais. Cada conferência tem duração de 20 minutos e há legendas para mais de 40 idiomas.

Para você sentir um gostinho, compartilho um dos vídeos mais famosos:
Simon Sinek: Como grandes líderes inspiram ação.

 

Excelência: fruto de trabalho e paixão

Trofeu

Nunca escondi minha preferência por São Paulo. Adoro esse ar cosmopolita, o clima, a magnitude das construções e a programação variada que a cidade oferece. Comparando com outras capitais brasileiras, o paulistano inspira eficiência. Não poderia ter lugar melhor para receber o prêmio de excelência em Franchising.

A gramática classifica a palavra excelência como substantivo e a define como algo que atingiu seu mais alto grau. Pensando bem, poderia ser um verbo já que tem tudo a ver com ação, determinação e envolvimento.

Excelência é efeito, não causa. Ou seja, é resultado de muito trabalho. E trabalho bem feito. Para atingi-la, é preciso fazer escolhas, sacrifícios e superar os desafios.

Quando se atinge a excelência no setor de serviços, geramos valor percebido para os clientes. Os teóricos da administração dividiram esses valores em seis dimensões: confiabilidade da empresa, presteza no atendimento, credibilidade nos processos e no conhecimento dos colaboradores, conveniência de acesso (horário flexível, estacionamento), empatia e simpatia para consigo, além de itens tangíveis como instalações atraentes, bons materiais de comunicação, etc.

Excelência se constrói com dedicação não somente aos itens percebidos pelos clientes. Os colaboradores também precisam ser encantados pelo seu local de trabalho.

Enfim, o setor também funciona numa espécie de cadeia produtiva. Mais sutil e intangível do que a indústria, certamente. Mas igualmente complexa e desafiadora. Quanto mais trabalhamos para transformar esses valores etéreos em excelência, mais resultados reais conquistamos.

Este reconhecimento atesta a preocupação da Depyl Action com um trabalho bem feito e com pessoas satisfeitas. É o resultado da equação: trabalho + paixão.