Por que gestão de pessoas é tão importante?

Por que gestão de pessoas é tão importante?

O início de ano é um convite ao novo, a oportunidade de rever conceitos. Mas, será que conseguimos fazer o “novo” com o “velho” presente? Talvez. Mas, algumas disrupturas são fundamentais. Podemos dizer a mesma coisa sobre os comportamentos dentro de uma empresa? E se você, empreendedor, vê que o mercado está em constante mudança e quer inovar, comece pelas pessoas. Elas são a parte mais preciosa na mudança de comportamento para alavancar os seus negócios.

Você com certeza já deve ter ouvido que quem faz uma empresa são as pessoas. Mas, para que se consiga extrair todo o potencial de um colaborador dentro de uma organização, é preciso conhecer um pouco sobre alguns métodos e conceitos, para que isso seja feito de maneira sistemática, e não isoladamente. Só assim um empreendimento pode crescer de maneira sustentável e respeitosa com as pessoas que trabalham nele.

Quer saber mais sobre esse tema encantador que pode fazer toda a diferença no seu dia a dia? Então confira o artigo que preparei pra você!

Afinal, o que é gestão de pessoas?

Esse tema tem sido muito comentado e estudado. Mas, afinal, o que ele significa na prática? O que devemos fazer na prática para efetivamente gerenciar bem os colaboradores da empresa? Gestão de pessoas leva ao entendimento de que elas devem ser a prioridade de uma empresa, o que, por incrível que pareça, não acontece o tempo todo.

Para que isso aconteça, a administração deve ser voltada para entender que as pessoas têm necessidades distintas umas das outras e que isso interfere no todo, ou seja, na dinâmica da empresa. Como essas particularidades podem ser “administradas” no dia a dia? Com cuidados desde a admissão de um novo funcionário até o seu desligamento, caso haja a necessidade. Os gestores precisam entender sobre liderança, para que não representem somente uma figura de chefe, de gerente.

A gestão de pessoas colabora fortemente para encontrar e admitir pessoas com o perfil mais adequado no processo de recrutamento e admissão. Para isso, integra-se a pessoa à rotina e à cultura da empresa, mostrando seu funcionamento e seus valores. Para trabalhar com a integração desse novo colaborador, investe-se em treinamentos e capacitações, visando o desenvolvimento comportamental e técnico.

Outro aspecto bem importante da gestão de pessoas é trabalhar na retenção desse profissional, que foi bem escolhido e treinado para trabalhar de acordo com a dinâmica da empresa. Para isso, elaboram-se planos de cargos e salários e demais benefícios que o mantenham motivado a continuar naquele empreendimento.  Quando existir a necessidade de desligar um funcionário, o processo deve ser respeitoso e transparente, auxiliando, quando possível, o profissional a ser realocado no mercado de trabalho.

Além desses processos bem definidos, algumas práticas ajudam com o que o colaborador sinta-se motivado e disposto a trabalhar na empresa, como criar um ambiente de cooperação, flexibilidade ao tratar as pessoas (pelo entendimento de que elas são diferentes, com necessidades distintas), boa comunicação e abertura para que os colaboradores busquem os gestores quando houver necessidade.

Qual é a diferença entre gestão de pessoas e gestão de recursos humanos?

Agora que você sabe quais são os processos e as práticas que fazem parte de uma gestão de pessoas eficiente, pode ter ficado a dúvida. E os recursos humanos, fazem o que? Não é tudo a mesma coisa? A resposta é: não! Para que o capital humano da empresa seja bem tratado e bem desenvolvido, ele não deve estar sob os cuidados dos recursos humanos, mas sim dos gestores! Isso porque esse cuidado é extremamente estratégico, e deve ser encarado como tal pela liderança, que vai influenciar o restante da empresa.

Se os gestores não souberem gerenciar as pessoas de maneira estratégica, isso vai transparecer e refletir em outros setores. A gestão de pessoas deve, sim, ser feita em parceria com os recursos humanos. Mas não é atribuição deste direcionar o tratamento que o colaborador deve receber, pois deve fazer parte da cultura da empresa, da sua missão e dos seus valores. A área de recursos humanos vai servir como um comunicador dessas práticas e dessa visão.

Por que a gestão de pessoas é tão importante para o crescimento da empresa?

Quando as pessoas são gerenciadas de maneira a atender suas necessidades e as necessidades da empresa, a tendência é que todos saiam ganhando. Gosto muito de uma frase do Ray Kroc, fundador do McDonald’s:  “Se você acha treinamento caro, considere o preço da ignorância!…Para entender a importância desse alinhamento, imagine a seguinte situação: você tem uma empresa que tem como um dos valores atender o cliente de maneira humanizada e respeitosa.

Mas um dos seus vendedores, que não foi treinado e já começou a trabalhar imediatamente com vendas, trata mal um cliente que o desagradou. Essa situação acontece muito e é ruim para todos os envolvidos. Para a empresa, o comportamento de um colaborador interferiu negativamente no valor que ela tenta passar.

O profissional também deve ter ficado insatisfeito, afinal, não foi capacitado para uma situação onde ele tivesse que manter a calma e lidar com um perfil de cliente com o qual não estava acostumado. Por fim, você teve um cliente insatisfeito com o atendimento que provavelmente não voltará mais (e corre-se o perigo de difamar a empresa).

Se houvesse antes, dentro da empresa, um processo de gestão de pessoas que tivesse como objetivo recrutar as pessoas de acordo com o perfil desejado, acolher esse colaborador com treinamentos, informações sobre a empresa, alinhamento e foco no seu desenvolvimento, bem como uma comunicação clara e transparente, esse episódio provavelmente não teria acontecido. Essa é a importância da gestão de pessoas para a sua empresa e por isso ela ajuda no seu crescimento!

Você, como líder, sabe o quanto é importante gerenciar bem o seu time. Mas talvez não soubesse que a gestão de pessoas tem um impacto muito maior. Não dá mais pra seguir só com a intuição, estabelecer processos que tenham como objetivo alinhar as necessidades do profissional e da empresa é essencial para que todos consigam crescer e para que o colaborador sinta-se constantemente motivado a dar o seu melhor e crescer junto com o negócio.

Esse artigo foi útil para você compreender a importância da gestão de pessoas para a sua empresa? Então deixe seu comentário!